Por Vanessa Assis

O mundo hoje passa por um período cheio de dúvidas e incertezas por conta da pandemia do coronavírus (Covid-19). Quando isso vai acabar? O que será da economia no mundo? Como será o mercado de trabalho pós-crise?

Além de todas essas questões, ainda existe o isolamento social, única medida eficaz até então para conter a transmissão desse novo vírus. Neste cenário difícil em que passamos, é claro que a saúde mental pode ser afetada, afinal de contas uma coisa leva a outra e as nossas emoções ficam a flor da pele, mas já parou para pensar no que pode ser feito para amenizar esses sentimentos de angústia e ansiedade?

Por isso, a Meu Entrevistador listou seis dicas que podem te ajudar a amenizar esses sentimentos e passar com mais calma esse período de quarentena para no final, quem sabe, sair muito mais fortalecido e preparado para as mudanças. Veja a seguir:

1º – Organize e mantenha uma rotina diária em casa, principalmente se você segue trabalhando em home office. Planeje e distribua bem o seu tempo, tanto dedicado ao campo profissional, sem deixar que as tarefas se acumulem, quanto ao pessoal. Evite trabalhar do sofá ou da cama, escolha um lugar que garanta uma melhor produtividade.

2º – Faça algum tipo de exercício físico, mas sem ultrapassar os seus limites, hein! É comprovado que a atividade física não faz bem somente para o corpo, a saúde mental também agradece. A ansiedade e o estresse do isolamento são amenizados e melhora o humor, a qualidade do sono e a autoestima.

3º – Se alimente bem ao longo do dia! Uma alimentação equilibrada aumenta a disposição para as atividades cotidianas.

4º – Faça atividades que te dão prazer, ler um livro, meditar, cozinhar, etc. Você também pode colocar em prática um projeto antigo que julgava nunca ter tempo para fazê-lo, ou até mesmo apostar no seu autoconhecimento e descobrir dons diferentes que você nem sabia que tinha.

5º –  O isolamento físico é extremamente necessário, mas isso não quer dizer que devemos ficar afastados de quem a gente ama, a tecnologia é uma das nossas grandes aliadas para mantermos “por perto” as pessoas queridas.

6º – Não leve tudo ao pé da letra, não se apavore com as inúmeras listas do que fazer na quarentena, isso também pode gerar uma ansiedade desnecessária, o momento é delicado e muita positividade também pode não fazer bem, se permita não fazer nada. Está tudo bem não conseguir acompanhar o ritmo todos os dias. Valorize o que você tem ao seu alcance!

Vanessa Assis é Jornalista e Especialista de Conteúdo e Comunicação.

Leave a comment